1 – Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados;

2 – e andai em amor, como Cristo também vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

3 – Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos,

4 – nem baixeza, nem conversa tola, nem gracejos indecentes, coisas essas que não convêm; mas antes ações de graças.

5 – Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus.

6 – Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.

7 – Portanto não sejais participantes com eles;

8 – pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz

9 – {pois o fruto da luz está em toda a bondade, e justiça e verdade},

10 – provando o que é agradável ao Senhor;

11 – e não vos associeis às obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as;

12 – porque as coisas feitas por eles em oculto, até o dizê-las é vergonhoso.

13 – Mas todas estas coisas, sendo condenadas, se manifestam pela luz, pois tudo o que se manifesta é luz.

14 – Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará.

15 – Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios,

16 – usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus.

17 – Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.

18 – E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito,

19 – falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração,

20 – sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo,

21 – sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.

22 – Vós, mulheres, submetei-vos a vossos maridos, como ao Senhor;

23 – porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o Salvador do corpo.

24 – Mas, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres o sejam em tudo a seus maridos.

25 – Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

26 – a fim de a santificar, tendo-a purificado com a lavagem da água, pela palavra,

27 – para apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.

28 – Assim devem os maridos amar a suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.

29 – Pois nunca ninguém aborreceu a sua própria carne, antes a nutre e preza, como também Cristo à igreja;

30 – porque somos membros do seu corpo.

31 – Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá à sua mulher, e serão os dois uma só carne.

32 – Grande é este mistério, mas eu falo em referência a Cristo e à igreja.

33 – Todavia também vós, cada um de per si, assim ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie a seu marido.

Pin It on Pinterest

Share This